Historia e Cooperação

A ADPP GB participou, desde os anos 80, na construção do país,  hombro con hombro com o governo da Guiné-Bissau e Organizações Internacionais. A ADPP organizou a chegada de Voluntários Internacionais que viram ajudar através da construção de escolas, centros de saúde e outras insfraestrturas básicas e necessárias. Estas primeiras ações iniciaram sob o programa Ajuda ás Crianças e a plantação de cajú como método para envolver ás comunidades para o processor de desenvolvimento económico do país.

Humana People to People
A ADPP Guiné-Bissau é membro da Federação Humana People to People, uma rede de organizações nacionais independentes que trabalham para contribuir para o desenvolvimento sustentável e durável nos países do sul.
As organizações membros da Federação Humana People to People da Europa e da América do Norte recolhem e reciclam roupas e calçado de segunda mão, destinando o lucro da sua venda a projetos de desenvolvimento cuja base é a união das forças das populações para promover mudanças que melhorem as suas vidas e as das suas comunidades.
Por sua vez, os membros a operar em África, Ásia e América Latina trabalham com e para as comunidades locais nas áreas da educação, saúde, geração de rendimentos, produção agrícola, etc.. Este trabalho é realizado no âmbito de programas de desenvolvimento que integram em si agentes locais, nacionais e internacionais, incluindo instituições governamentais, ONG e membros das comunidades.

Exemplos de assistência humanitária e de socorro:

  • ADPP Guiné-Bissau, foi a única organização não governamental do país que continuou a operar na Guiné-Bisssau durante o conflito político de 1998 – 1999, distribuindo comida e coordenando esforços entre as organizações estrangeiras e as autoridades do governo.
  • Distribuição de comidas em escolas primárias e pré-escolas na região de Oio.
  • Construção do hospital de maternidade de Bissorã.
  • Organização de uma grande campanha de limpeça na capital pouco depois da guerra de  1998 – 1999.
  • Entre 2003 – 2005, ADPP GB, construiu 15 escolas com 33 salas de aulas totalmente equipadas, 14 latrinas duplas e 14 fontes de água reabilitadas.
  • Com o fim de desmovilizar ex-combatentes, 733 deles participaram num programa de formação na Escola Vocacional de Bissorã.