REINTEGRAÇÃO DOS MIGRANTES GUINEENSES RETORNADOS – DESTAQUES DE 2018

Em julho de 2018, a ADPP Guiné-Bissau e os seus parceiros deram início à ação do projeto BU TERRA IBU LUGAR SEGURO – Reintegração dos Migrantes Guineenses Retornados.

Com a duração de 12 meses, o projeto decorre nas regiões de Bafatá, Gabú e no Sector Autónomo de Bissau.

Visa contribuir para a reinserção socioeconómica de 35 jovens (entre os 18 e os 35 anos de idade) que tenham experimentado a prática de migração irregular e regressado à Guiné-Bissau.

Na ação do projeto estão envolvidos diversos stakeholders e um Comité de Seleção e de Pilotagem. Os migrantes retornados receberão formação profissional em cursos técnicos e em gestão de pequenas atividades geradoras de rendimentos bem como apoio psicossocial para a superação de traumas/stresse e apoio técnico/financeiro para a implementação de atividades económicas, com vista a uma reintegração efetiva e sustentável. O projeto propõe-se também a promover um reforço da disseminação de informação sobre os riscos da migração irregular e sobre a livre circulação de pessoas no espaço CEDEAO. Neste âmbito, a ação decorre junto das autoridades que tutelam a área das migrações em Bissau, Bafatá e Gabú bem como através dos meios de comunicação social guineenses e junto das autoridades locais competentes. Emissões radiofónicas de teatros, sensibilização junto de escolas, formação de ativistas e a participação num Festival Cultural das Migrações foram algumas das atividades já realizadas.

Alguns dos principais DESTAQUES DE 2018:

  • 83 ativistas receberam formação sobre a migração
  • 35 migrantes retornados foram selecionados para o projeto
  • 5 emissões de teatros radiofónicos em diferentes rádios comunitárias realizadas
  • 1 Festival Cultural das Migrações realizado em parceria com outras organizações que intervêm na temática em Gabú
Participação no 1 Festival Cultural das Migrações em Gabú.

O projeto enquadra-se no Programa FMM (Free Movimento of Migrant) da África Ocidental, financiado pela Comissão da CEDEAO e União Europeia e que é implementado pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), o Centro Internacional para o Desenvolvimento de Políticas de Migração (ICMPD) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Os parceiros locais da ADPP Guiné-Bissau para a implementação do BU TERRA IBU LUGAR SEGURO são a Direção Geral das Comunidades e a Associação de Emigrantes e Amigos da Guiné-Bissau.

Apresentação sobre migração na Escola de Ensino Básico Unificado de Buba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *